Transição de carreira é mesmo um bicho de sete cabeças?

Thatiana

Thatiana Mayumi

19/05/2022

Transição de carreira é mesmo um bicho de sete cabeças?

Você já se deparou com essa dúvida? Vem cá que eu vou te contar como a comercial virou analista de mídia.

Já começo este texto respondendo que não, mudar de carreira não é um bicho de sete cabeças, mas isso não muda o fato de que é uma jornada cheia de medos, desafios e receios. Hoje vou compartilhar com vocês a minha história e, com isso, tentar ajudar alguém aí que esteja nesse mesmo impasse.

Há três anos no mercado de trabalho, dentro da área comercial, nunca tinha sequer pensado em algum dia mudar de profissão, mesmo sendo formada em Marketing Digital, eu simplesmente tinha colocado na minha cabeça que ser do comercial era o meu trabalho e ponto final. Tanto que entrei na gas no setor comercial, imaginando que seguiria isso até onde pudesse…

Depois de 4 meses de agência, sem nunca me interessar pela área de mídia, um estalinho veio na minha cabeça e eu finalmente pensei: por que não trabalhar na minha área de formação?

Coincidentemente, na mesma época que tive esse pensamento, a gas estava com vaga para analista de mídia, o que foi uma grande sorte pra mim rsrs.

Mesmo querendo fazer essa transição eu tinha sim os meus anseios, o que é totalmente normal e tá tudo bem (coraçãozinho coreano). O que mudou esse cenário foi uma coisinha muito específica: o apoio.

E é aqui que eu digo finalmente para vocês porque mudar de carreira não deve ser um medo grande.

Temos que ter em mente que os desafios serão muitos, até porque é uma nova jornada, mas precisamos entender também que vamos encontrar pessoas nesse caminho que estarão dispostas a nos ajudar.

Posso te ajudar com algumas dicas?

A grande dica, logo de início, quando surgir a curiosidade, é conversar com alguém que já trabalha nessa área, compreender quais serão as dificuldades, a rotina e as tarefas. Essa é uma das partes mais importantes do processo, pois é aqui que vamos entender como a profissão funciona e se queremos realmente isso para nós.

Depois dessa conversinha, o apoio das pessoas que estão próximas a vocês vai fazer uma grande diferença, até porque todos precisamos do apoio emocional.

Para encerrar a minha história agora, eu estava no melhor cenário que poderia encontrar: existiam pessoas que quiseram me dar a oportunidade dessa troca e colegas que me incentivaram e ensinaram. Às vezes ficamos muito presos em procurar uma oportunidade fora, mas, como foi no meu caso, e se a oportunidade estiver onde você já está? Eu por exemplo, me encontro em uma grande jornada de realização profissional que nem esperava ter.

Então meu conselho é: vá, e vá com medo mesmo pois isso aí vamos perdendo no meio do caminho. Uma nova trajetória pode ser difícil, mas a satisfação de estar onde você quer estar é impagável.

E aí, se identificou com a minha experiência? Se você está passando por isso e precisa de um empurrãozinho, será um prazer te ajudar nessa etapa. E para conferir mais conteúdos como este por aqui, continue acompanhando o blog da gas 🙂

Thatiana
19/05/2022

Thatiana Mayumi

CONTINUE LENDO...
Doze arquétipos e um segredo que transforma a sua marca

Doze arquétipos e um segredo que transforma a sua marca

Para descobrir esse, vai ter que arrastar pra cima e continuar lendo Na incrível aventura de estabelecer um posicionamento...

Amanda
Amanda Oliveira
Boca Rosa: mais que uma linha de maquiagens, uma aula de estratégia e planejamento

Boca Rosa: mais que uma linha de maquiagens, uma aula de estratégia e planejamento

Se você acha que é só postar stories nas redes sociais, achou errado. O planejamento de conteúdo não é...

Lara
Lara Fonseca
Ainda não existe bola de cristal nas agências de publicidade, mas existe o briefing

Ainda não existe bola de cristal nas agências de publicidade, mas existe o briefing

E, quando bem feito, é tão bom quanto. Por mais criativos que sejamos, é impossível ser produtivo e entregar...

Amanda
Amanda Oliveira

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.