Mom Office

Bruna

Bruna Rafaela

9/12/2021

Mom Office

Como vivem, quando dormem, o que comem?

Eu já começo esse texto com o meu filho, ou melhor, mini assistente me dando apoio aqui do lado. 

Particularmente hoje, eu me vejo em diversos cenários e em diversos papéis na minha vida profissional e na minha vida maternal. Mas, vamos começar pelo início: eu fui mãe aos 23 anos e, desde que o Theo nasceu (31/10/2019), minha vida virou de cabeça pra baixo. 

Logo de início, uma pandemia. Quem diria, né? Então toda aquela fase de descobrimento do bebê foi feita em isolamento social. Sem contato. Sem ajuda. Apenas eu e ele. 

Assim que o Theo completou 1 ano e meio, comecei a descobrir minhas novas habilidades: mãe que cuida, mãe que brinca, mãe que cozinha, mãe que conta histórias, mãe que trabalha em casa, enfim, mãe. 

Hoje, eu vejo o home office como aliado da minha relação com o meu filho. Sem ele, eu não conseguiria acompanhar todo o desenvolvimento do Theo nessa primeira infância, que é mágica! E melhor ainda, é quando você trabalha em um lugar que é totalmente compreensível com essa relação de mãe, filho e trabalho, como a gas rocket <3  

Através do home office eu pude descobrir novas versões como mãe e como profissional. Trabalhar em dois empregos ao mesmo tempo – ser mãe também é um trabalho – é um p#t@ desafio, mas o que seria da vida sem aquele friozinho na barriga? 

Como dar conta de tudo? 

Bom, nem sempre funciona conforme o roteiro, mas, separei algumas dicas que podem ajudar mães que querem trabalhar em casa ou para aquelas que já estão nessa rotina: 

  • Acorde sempre 1 hora antes do seu filho para fazer as coisinhas básicas, como: ir ao banheiro, tomar um café e ligar o pc.
  • Estabeleça um horário para acordar ele, dar o café da manhã e fazer algumas brincadeiras ou então uma caminhada.
  • Tenha o hábito de seguir uma rotina com o seu pequeno, para que ele entenda os momentos em que você está concentrada no trabalho.
  • Deixe os trabalhos que exigem mais concentração, para os horários em que a criança dorme.
  • Anote tudo o que precisa fazer no dia.

Bom lembrar que cada criança é um universo e o que funciona para mim, pode não funcionar para outras mães/pais. O segredo é você encaixar uma rotina de acordo com o comportamento do seu filho, de um jeito que nem ele e nem você sofram com uma mudança tão repentina. O mantra de hoje é: dê tempo ao tempo. Tudo é questão de processo. 

Você não precisa dar conta de tudo sozinha

Eu não sei quem inventou que mãe só é mãe de verdade se dá conta tudo. Acho que essa é uma das maiores bobagens que já escutei. Ter uma rede de apoio, ter com quem contar e até dividir, isso mesmo: DIVIDIR e não ajudar, as tarefas com o seu parceiro se você tiver, é um alívio. 

Os dois grandes pontos aqui são: você estar feliz com você e suas entregas e seu filho também estar bem e feliz. 

Sei que muitas vezes o sentimento de culpa é inevitável, mas basta você pensar com o coração, que a melhor solução sempre aparece. 

Hoje, sem dúvida alguma, eu afirmo que graças ao trabalho remoto, eu tenho uma conexão incrível com o Theo. Eu consigo ver ele acordar, tomar café, brincar,  pedir colo e uma das minhas horas preferidas é colocá-lo para dormir. 

Eu não tenho outro sentimento a não ser: gratidão por essa experiência e por ter o privilégio de ser profissional e mãe ao mesmo tempo. 

Mães: o amor e a paciência são remédios para qualquer situação. É difícil, mas também é possível. Lembre-se: está tudo bem não dar conta de tudo sozinha. Se você tem com quem contar, conte! 

Nos vemos em um próximo conteúdo 😉

Bruna
9/12/2021

Bruna Rafaela

CONTINUE LENDO...
Meu dia só começa depois do cafezinho, tem problema?

Meu dia só começa depois do cafezinho, tem problema?

O café é essencial na rotina da maioria das pessoas, seja para dar aquele gás de manhã, aquela despertada...

Júlia
Júlia Mussak
Publipost: o que deu e o que não deu certo

Publipost: o que deu e o que não deu certo

Temos uma quantidade gigantesca de influenciadores produzindo conteúdo por aí, seja ele bom ou ruim. Com isso, pudemos nos...

Débora
Débora Macedo
Gas trends: o que prevemos para 2022?

Gas trends: o que prevemos para 2022?

Já estamos cansados de ouvir isso, mas, de fato, a pandemia acabou impactando nossas vidas em diferentes formas: no...

Débora
Débora Macedo

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.