Ainda não existe bola de cristal nas agências de publicidade, mas existe o briefing

Amanda

Amanda Oliveira

2/06/2022

Ainda não existe bola de cristal nas agências de publicidade, mas existe o briefing

E, quando bem feito, é tão bom quanto.

Por mais criativos que sejamos, é impossível ser produtivo e entregar um projeto com potencial de ser aprovado logo de cara sem existir uma espécie de guia para quem vai produzi-lo. Esse termo em inglês introduzido no título pode ser traduzido como “resumo” e é, nada mais nada menos, que um documento onde ficam registrados os dados importantes para a produção de um job.

O briefing serve como um mapa e um manual de instruções, te ajudando a entender o “terreno” do cliente e quais são os próximos passos a serem seguidos. Nele, estão contidas informações como o objetivo do projeto, o perfil do cliente e as suas expectativas, o orçamento, com quem ele vai se comunicar e de qual forma, além do deadline. 

A relação do briefing com o resultado final do job é bem semelhante a de um prontuário médico e a exatidão do diagnóstico: um médico não te encaminha aos exames certos ou te passa o tratamento adequado, se você não consegue dizer qual parte do seu corpo dói, como é essa dor, quando ela começou e qual o histórico médico do paciente. Com os projetos publicitários funciona de forma parecida, já que é preciso se localizar bem antes de tomar alguma atitude produtiva na sua função, independente de qual for.

Agora que você já entendeu a importância de um bom briefing, chegou a hora dos refrescos: conheça os elementos essenciais para montar um completinho!

Histórico do cliente ou projeto

Já se sentiu caindo de paraquedas em algum job? Aquele misto inexplicável de “Onde é que eu tô? Será que tô em Alagoinha?” e aquele peixinho cantando “Meu Deus, meu Senhor…”. O briefing pode te salvar muito dessa sensação: narrar a história do cliente de forma bem simplificada e sucinta, apenas para contextualização, ou até mesmo o histórico do job caso ele seja recorrente, é tua bússola perfeita à caminho do sucesso.

Público-alvo

Quem fala, fala pra alguém, né? Saber previamente para qual público o job está direcionado faz com que essa comunicação fique muito mais eficaz por meio da estratégia, o famoso tom de voz. (Se você não sabe usá-lo, já recomendo voltar mais vezes por aqui nas próximas semanas. Spoiler básico 🤭)

Quantidade e variedade de peças

Você já sabe pra quem tá trabalhando, o que essa pessoa quer e pra quem ela quer falar, mas quais os veículos dessa comunicação? Muito importante ter listado quais os formatos para serem usados no projeto, independente de quantos forem, muito bem apontados.

Prazos, cronogramas e formas de entrega

Como combinado não sai caro, nada melhor do que ter um cronograma ou os prazos de entrega bem explícitos para não ocorrer nenhum atraso e dar tempo de organizar cada etapa antes de finalizar o job.

Materiais disponíveis e portfólio

Ter acesso à referências para produzir um projeto é essencial para garantir a qualidade dele. Pode ser o site do cliente, projetos antigos, portfólio ou algumas referências externas, mas que cabem muito bem como direcionamento.

Agora, espero nunca mais ver nenhum profissional de agência tendo mini infartos por um briefing incompleto ou raso demais. Para mais dicas que vão salvar a sua vida profissional em agência (ou melhorar o profissional que você é para salvar a sua agência), continue acompanhando o blog da gas. Voltamos em breve, nem vai dar tempo de sentir falta (✿◡‿◡).

Colaboração: Daiany Ribaski, atendimento aqui na gas.

Amanda
2/06/2022

Amanda Oliveira

CONTINUE LENDO...
Doze arquétipos e um segredo que transforma a sua marca

Doze arquétipos e um segredo que transforma a sua marca

Para descobrir esse, vai ter que arrastar pra cima e continuar lendo Na incrível aventura de estabelecer um posicionamento...

Amanda
Amanda Oliveira
Boca Rosa: mais que uma linha de maquiagens, uma aula de estratégia e planejamento

Boca Rosa: mais que uma linha de maquiagens, uma aula de estratégia e planejamento

Se você acha que é só postar stories nas redes sociais, achou errado. O planejamento de conteúdo não é...

Lara
Lara Fonseca
Eu sei quantas temporadas você maratonou no verão passado

Eu sei quantas temporadas você maratonou no verão passado

Com todas as ferramentas que a internet nos proporciona, estamos consumindo muito mais conteúdo em menos tempo. Você já...

Amanda
Amanda Oliveira

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.