publicado no dia 10.07.2018, por: Tais Semensato

Como novos modelos de trabalho podem tornar as pessoas mais felizes e produtivas

 

Você já parou pra pensar se o modelo de trabalho da maioria das empresas hoje é o ideal?

Aqui na GAS Rocket, acreditamos que sempre pode melhorar. E volta e meia vão encontrar o pessoal que trabalha com a gente andando por aí com uma camiseta (muito bonita, diga-se de passagem) estampada com a nossa máxima sobre o trabalho: WORK IS BULLSHIT

Um ensaio do escritor Brian Dean, do Reino Unido, argumenta que precisamos reformular a ideia do trabalho em si — e talvez substituí-lo por “anti-trabalho”. Ele explica:

“Anti-trabalho é uma alternativa moral à obsessão por “empregos” que atormentam nossa sociedade por muito tempo. É um projeto para reformular radicalmente o trabalho e o lazer. É também um antídoto cognitivo para a cultura perniciosa do “trabalho duro”, que tomou conta de nossas mentes e do nosso precioso tempo.”

Não se espante, é só que realmente acreditamos que o modelo de trabalho atual está defasado e não é nada efetivo. Para você entender melhor sobre como nos posicionamos quanto a isso, listamos algumas das práticas que temos aqui na agência e que tem funcionado muito bem:

 

Somos adeptos do “Vai lá e faz”

É simples. Sua função é resolver coisas durante um período de tempo do seu dia, com uma retribuição mensal para tanto. Mas nada disso precisa ser uma sessão de tortura, a ideia é mostrar, sempre que possível, que cada pessoa aqui dentro faz parte de um processo muito maior, mas não é só uma peça, é parte essencial de um todo e sempre contribui com algo único, algo pra ser lembrado. Feedbacks e reconhecimento são importantes!

 

Seja legal com o seu coleguinha

Defendemos que boas relações dentro do ambiente de trabalho devem ser cultivadas, afinal é com estas pessoas que você convive a maior parte do dia, provavelmente até mais do que com sua própria família, então seja legal, seja aberto, seja você, divida e aprenda com os outros, isso torna a experiência ainda mais legal. Não há porque colegas de trabalho serem uma seção separada de amigos “nem tão amigos assim”, crie relações mais sinceras com as pessoas que te cercam e as coisas irão fluir melhor.

 

Humanos precisam de horários flexíveis

Somos humanos e, via de regra, diferentes uns dos outros em personalidade, estilo de vida, e fisiologia. Talvez seu horário mais produtivo não seja o mesmo do seu colega. Seu colega pode ser extremamente pontual e produzir muito mais durante a manhã, mas para você, talvez aqueles 10 minutinhos a mais na cama façam toda a diferença durante o dia. Mas óbvio, para isso funcionar, o próximo tópico é importantíssimo:

Confiança é uma via de mão dupla

Pode parecer ditado de vó mas, como a maioria deles, é verdade e faz todo o sentido. Aqui nos baseamos no acordo e confiança mútua, o horário é flexível ao mesmo tempo que todos são comprometidos com a entrega dos jobs. E acreditem, funciona.

 

É permitido ser divertido

É fácil encontrar nosso pessoal rindo alto, contando piadas, fazendo trocadilhos infames e trocando memes no escritório, várias vezes ao dia. E qual o problema disso? Produtividade não é algo contínuo, e esse tipo de quebra deixa o ambiente mais leve, as pessoas mais atentas, as relações mais humanizadas e claro, uma gargalhada no meio do dia faz bem pra caramba não acha?

 

 

Cultura do elogio

OK, grande parte disso que estamos citando não é comprovado por estudos de comportamento ou algo do gênero, mas trabalhamos com pessoas e gostamos de ter um olhar atento ao que faz bem a elas e tem funcionado como um todo. Um movimento que surgiu muito naturalmente aqui na agência, por conta da personalidade extrovertida de alguns integrantes, foram os elogios espontâneos pela manhã, e cara, como isso é legal!
Pode parecer um pouco bobo, mas quantas vezes alguém já parou, reparou em algo seu e disse uma gentileza como “Essa camisa fica realmente muito bem em você!” ? E de novo eu pergunto, qual o problema disso? Por que as pessoas não se elogiam mais?
É engraçado ver a carinha de surpresa e felicidade quando alguém recebe um elogio simples e sincero assim, é algo tão fluido que começou a ser retribuído, e assim, quase todo dia rola uma rodada de elogios espontâneos por aqui, Mesmo sem resultados comprovados estatisticamente, acreditamos que isso pode mudar o dia de alguém sem muito esforço.

A estrutura faz diferença sim

Achamos que a estrutura física também tem contribuição importante no clima organizacional. O escritório não precisa ter aquela mesma estrutura chata de sempre, pessoas enfileiradas como uma sala de aula, que já seguia o layout de antigas fábricas de manufatura, ou pessoas isoladas em “baias”, aquele clima austero e frio. Não, aqui adotamos um esquema mais orgânico nas mesas para a circulação da sala ser melhor aproveitada e ao mesmo tempo todos ficarem confortáveis. Todos são bem livres para trazer alguns objetos pessoais para a mesa, afinal isso representa um pouco da personalidade e deixa o ambiente mais pessoal.
O lugar onde fica o estúdio também conta muito, estamos no NEX Coworking, em Curitiba, e o ambiente de coworking estimula a interação com pessoas diferentes todos os dias, e o sentido de comunidade fica mais aflorado. Além, é claro do lounge, a mesa de sinuca, o deck externo, a estrutura da cozinha. Todo o espaço é bem aproveitado e contribui para que todos se sintam mais confortáveis.

Gente feliz é produtiva

Entendemos que pessoas felizes, com flexibilidade, sem grandes pressões mas com responsabilidades, com relações cada vez mais humanas ao redor e em um ambiente saudável são muito mais produtivas! Estimulamos isso todos os dias. Como disse no início do post, se você não consegue se sentir bem no lugar em que passa a maior parte do seu dia, é hora de repensar alguns conceitos.

Enfim, contamos aqui algumas das coisas que acreditamos e que formam a identidade e clima da GAS Rocket como empresa. Isso tudo tem funcionado para nós, mas a ideia é: concordando ou não com esses conceitos, a reflexão sobre novos modelos de trabalho é essencial.

Agora, deixe sua opinião e compartilhe esse conteúdo como desejar! 🙂